Os erros mais comuns na gestão financeira das empresas!

Novo modelo do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS)
12 de novembro de 2018
Opção pelo Simples Nacional 2019
16 de janeiro de 2019

Os erros mais comuns na gestão financeira das empresas!

Gerenciar uma empresa não é uma tarefa fácil e ao longo do processo muitos empresários são pegos de surpresa em áreas que tem pouco conhecimento. A gestão financeira costuma ser um desafio para muitos, pois não é simples de ser realizada e alguns erros podem comprometer a viabilidade do negócio.

Para ajudar você a não cometer nenhum deles, nossa equipe reuniu os 5 erros mais recorrentes nessa área. Confira!

  1. Misturar finanças pessoais e empresariais

Um dos erros mais clássicos dos empresários, especialmente nos pequenos negócios e EI., é não realizar uma separação clara entre os bens da empresa e os pessoais. A conta do negócio não pode ser utilizada para realizar o pagamento de uma dívida pessoal. Ao fazer isso, o empresário compromete a renda e deixa confusas as informações financeiras da empresa.

Além disso, em médio e longo prazo esse tipo de prática pode causar uma falta significativa de dinheiro no caixa, comprometendo a saúde financeira e a sustentabilidade do empreendimento. Uma maneira de evitar que isso aconteça é definir um valor fixo de pró-labore. Se houver a necessidade de algum dinheiro ao longo do mês, a quantia deverá ser descontada desse valor.

  1. Não ficar atento ao fluxo de caixa

O fluxo de caixa é um dos pontos mais importantes da gestão financeira de uma empresa.  Pois, além do acompanhamento dos gastos e receitas que já aconteceram, ele serve para planejar a entrada e saída de recursos.

É preciso conhecer as despesas que ainda vão ocorrer, registrar quais são as prioritárias e avaliar quais são as receitas que vão entrar no período para quitá-las. Sem essa visualização das contas, é impossível definir prioridades ou entender por que as contas não estão fechando.

  1. Falta de disciplina e controle

Manter o registro de todas as transações efetuadas pela empresa, entrada e saída produtos do estoque, pequenos gastos imprevistos, pedidos dos clientes, entre outros, é essencial para que se tenha informações confiáveis do negócio. Para que esses dados sejam sempre anotados é preciso criar um sistema, informar os colaboradores e cobrar disciplina na hora do preenchimento dos dados.

  1. Não medir corretamente o desempenho da empresa

Além de ter que registrar todas as informações sobre o seu negócio é preciso parar e analisar esses dados em algum momento. É necessário compreender se a sua empresa está dando lucro ou prejuízo, se está havendo algum desperdício, etc.

E uma análise correta vai bem além do cálculo: lucro é igual a diferença entre as receitas e as despesas.  É preciso levar outras coisas em conta, como custos, vendas, carga tributária, juros, pagamento de férias e 13º terceiro.

  1. Fazer tudo no papel

Outro erro comum na gestão das empresas é anotar as informações no papel, isso pode fazer com que dados se percam e aumenta as chances de erros. Por esse motivo, é recomendado que a empresa adote um sistema para controlar todas essas informações. Assim, fica mais fácil criar relatórios e evitar o retrabalho de digitalizar as informações.

Quer saber mais sobre gestão financeira e como um escritório de contabilidade pode te ajudar? Entre em contato clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Solicite seu Diagnóstico